Resultado da Busca...

Artigos

Um grito de socorro como forma de protesto!

  ______________________________________________________________ O Homem, com a sua criatividade infinita, tem vindo ao longo de muito tempo surpreendendo a humanidade com descobertas e inovações que em muito tem servido como instrumentos de melhorias bem como o aperfeiçoamento na sua forma de viver e de agir. África em particular, que alega ser o berço da humanidade, não obstante as explorações sofridas, tem vindo na medida do possível ganhar espaço nesse mundo de Titãs chamado de Planeta.   Sim, de facto, o nosso continente infelizmente ainda continua sendo aquele que mais demonstra deficiência em vários vectores, sobretudo quando se trata de condições de saúde e assistências médicas.  Porém, torna-se necessário relembrar que, já estivemos bem piores, se comparamos ao cenário actual. Ao longo do tempo, temos vindo a acompanhar  os passos que progressivamente trilhamos rumo às melhorias nesse sentido.   E é justamente por conta destes indicadores que, alguns comportamentos devem indubitavelmente ser radicados no seio da nossa Governação, para que de facto num curto praso de tempo possamos vir a acreditar mais no nosso sistema de saúde. São Tomé e Príncipe em particular, pelas suas características próprias que a sua população conhece de antemão, este fenômeno é vivido com maior intensidade.   Sabemos que, certamente não somos os únicos que deverá estar a passar por esses problemas, no entanto, o meu discurso é meramente, um grito de socorro como forma de protesto.   Sim protesto!   De alguém que, no momento da elaboração do texto vive uma experiência única e revoltante.   Sim protesto!   Contra uma sociedade, onde alguns dirigentes  e membros da administração pública e profissionais de saúde, são inconsequentes. Repito, inconsequentes.   Ora vejamos, certamente já ouviste falar algures por aí de Atestado Médico.   O que é?    O atestado ou certificado médico, portanto, é uma declaração por escrito de uma dedução médica e suas possíveis consequências. Tem a finalidade de resumir, de forma objetiva e singela, o que resultou do exame feito em um paciente, sua doença ou sua sanidade, e as consequências mais imediatas. É, assim, um documento particular, elaborado sem compromisso prévio e independente de compromisso legal, fornecido por qualquer médico que esteja no exercício regular de sua profissão. Desta forma, tem unicamente o propósito de sugerir um estado de sanidade ou de doença, anterior ou atual, para fins de licença, dispensa, viagens ou justificativa de faltas ao serviço, entre outros.   Claro, a primeira vista, parece simples e banal. Só que, para o espanto de todos, muitos desses documentos “se não a maioria” são deliberados pelos Médicos Santomenses sem que o paciente seja sequer analisado. Sim, é verdade. Esta é a realidade.   Veja a problemática!   Dada as condições que se vive ali naquele País (S.T.P), bem como as ambições pessoais, muitos de nós, acreditamos e encontramos no estrangeiro as oportunidades de melhor vencer na vida.No entanto, este sonho jamais será concretizado se a priori a sua saúde estiver comprometida.   Pode até parecer controverso, tendo eu frisado que encontramo-nos no estrangeiro as oportunidades de melhor vencer na vida.   Não poderia a saúde constar na lista dessas oportunidades? Depende! Se fores um estudante São-Tomense que, recentemente terminou o décimo segundo ano, e que por conseguinte tenciona se candidatar para uma bolsa de estudo num País como Marrocos (por exemplo), onde terás sim um melhor aproveitamento acadêmico muito superior se comparado a S.T.P, mas que por conseguinte o acesso a Saúde e os cuidados Médicos ainda se encontram em via de observação e que por sua vez apresenta um custo enorme a suportar, então digo, não é controverso. Outros exemplos existem, contudo este em particular é o motivo da revolta.   Revoltante é, ver estudantes carregados de patologias que impedem claramente a continuação com sucesso das suas actividades escolares, pondo em muita das vezes as suas vidas em risco, longe dos familiares que na Terra Natal acompanhava de perto toda trajetória e que de alguma forma ou de outra sabia lidar como lidar com a situação.   Revoltante é, ver estudantes, amigos e companheiros dos mesmos, aflitos e desesperados, que deixam os seus afazeres, aulas e até mesmo exames, quando os mesmos são tomados pelas suas ditas patologias que outrora ficava na inteira responsabilidade e apoio dos pais e familiares.   Revoltante é, ver estudantes nossos, gritando nos hospitais alheios (públicos Marroquinos) à procura de atendimentos, uma vez que os custos nos privados (hospitais e clínicas privadas) são insuportáveis. A revolta é ainda maior quando ouvimos e vemos que os atestados médicos desses mesmos estudantes portadores de doenças (muitas delas desconhecidas pela medicina Marroquina) estão desprovidos de qualquer citação ou recomendação médica. -Acreditamos todos que, está mais do que na hora, de termos uma postura profissional coerente. -Não acreditamos em hipótese alguma que  haja Médicos e técnicos de saúde desprovidos de qualquer capacidade profissional. -Sabemos perfeitamente que, muitos de vocês são pessoas de boa fé, que sentaram nas carteiras das faculdades, sabem, aprenderam, validaram os semestres, têm conhecimento.    Caros concidadãos, com a saúde não se brinca. Sabemos que, a vontade e a busca de novas oportunidades é um sonho pelo qual é difícil abdicar, no entanto de nada adiantaria se não tivermos vida e saúde. Por isso, sejam consequentes, exijam dos vossos médicos uma análise que de facto comprove o estado da vossa sanidade.   Excelentíssimos dirigentes, com a saúde não se brinca.   Enquanto representantes da Nação, está nas vossas mãos, o poder e o dever de fiscalizar o trabalho dos governados.Não fiquem imunes diante de tamanha irresponsabilidade e falta de profissionalismo dos mesmos. Criam medidas, adotem políticas de combate a tais práticas inadmissíveis.   Minhas senhoras e meus senhores profissionais de Saúde, com ela não se brinca. Produzam sim atestados médicos, porém, faça-os correctamente, sigam os procedimentos, detectam as anomalias “caso as houver”, façam as prescrições, as recomendações, e o mais importante se o paciente em questão, por razões de saúde não estiver em condições de sair do País, ou apresenta alguma patologia (doença) que viria o complicar futuramente, por favor tenham as precauções  necessárias. Não obstante o motivo pelo qual o requerente tenciona obter, sejam profissionais.  Atestado médico não é, uma factura fornecida no supermercado após as compras dos legumes. Para um São Tomé e Príncipe melhor, é necessário que cada um de nós, ganhe consciência, que cada um de nós, dê as nossas contribuições, que façamos a nossa parte. Faça a sua parte! Ajudemo-nos a crescer. ______________________________________________________________ Por: Edmilson Pereira Estudante Santomense residente no Reino de Marrocos

Para quê ser empregado se podes ser empregador?

É por meio da família que aprendemos os primeiros valores que nos seguirão por toda a vida. É dela que recebemos as noções de como nos relacionaremos em sociedade, a percepção do mundo em que vivemos e a instrução pelo caminho em que possivelmente seguiremos. As famílias esperam dos seus descendentes sucesso, as sociedades esperam dos seus cidadãos trabalho em prol do desenvolvimento dos seus paises , a educação faz das pessoas, uma verdadeira máquina de ideologia e saber, mas em contrapartida forma um mundo cada vez mais perdido no desespero. Justifico dizendo que, esses elementos essenciais que formam a nossa personalidade nos ensinam que temos que seguir um madrão que fortemente vem degradando a estrutura sociedades, ja houve um tempo em que os jovens assim que terminassem a universidade tinham que correr atrás de um emprego, e por mais estranho que pareça os jovens recém-formados ainda pensam deste forma, forma medíocre de que depois de receber um deploma tem que procurar ter um chefe. A preguiça e falta de ideia está a levar muitas sociedades ao abismo do desemprego porque, são muitos formados em busca do mesmo objectivo. AGORA QUESTIONO. Será que essa é a única saída para nós, será que não temos mentes, ideias, planos? Muitos recém-formados colocam a preocupação da falta de financiamento no jogo e que o sistema político do país nao ajuda. Então o tempo que andaram na universidade estavam somente a estudar? Não sabiam que depois da graduação viria a fase mais difícil que é aplicar os conhecimentos que adquiriram? O maior mal é esse, portanto temos que despertar, ja é tempo de sermos o chefe, e esse processo é muito demorado, porém se temos força de vontade, podemos fazer a diferença. Sabe-se que em certos mercados, ser empreendedor é muito complicado, mas tem que se ter em mente de que, nada vem com facilidade, porque os que são chefes hoje também sofreram no passado. Todos nós temos dúvidas em ser dono do próprio negócio. Independente da decisão que tomamos em relação a essa questão é importante saber que sempre existirão vantagens e desvantagens em trabalhar para si mesmo. Ao iniciar o próprio negócio, o empreendedor deve contar com sua própria capacidade, preparo técnico e profissional. Também deve prever os riscos, agir com cautela, sem pressa e com muito bom senso a fim de que as possibilidades de sucesso sejam maiores.

Eu não quero crescer!

Eu não quero crescer, estou perdido no meu pensamento e no meio onde estou inserido, a juventude moderna está a enfatizar sua individualidade. Todos estão a tentar se tornar especial e se esforçam para garantir que todas as opiniões na rua sejam destinadas a eles, e querem que suas imagens sejam diferentes de todas as outras. Para eles, o mais importante é serem únicos. Quais aspectos positivos essa tendência pode ter? Quais aspectos negativos podem existir? De fato, em 2015, a Organização Mundial da Saúde (OMS) confirmou oficialmente que a idade do jovem (adolescente) termina aos 25 anos e a idade jovem, aos 44 anos. Essa tendência está ligada, em primeiro lugar, ao aumento da expectativa de vida no mundo civilizado - a lógica da sobrevivência na era do colonialismo em São Tomé e Príncipe deu lugar à lógica da qualidade de vida. A lógica da qualidade de vida consiste na prioridade do valor da liberdade, conforto, individualismo em oposição aos valores de coragem, altruísmo, coesão - os valores necessários para a sociedade sobreviver. A lógica da sobrevivência dos choques econômicos dos anos 90 permaneceu no passado, os filhos dos anos 2000 crescem no crescente fluxo de informação e tecnologia. Essa geração, para a qual a realidade virtual faz parte da vida cotidiana, é um ambiente natural de aprendizado, interação e autoexpressão. A tendência da geração dos anos 2000 é o crescimento da conscientização e atividade, fatos que demonstram a perca da educação, valores e o aparecimentos de idiologias. Os Estudantes (pessoas com idade entre 18 e 21 anos) se tornam a cada dia que passa, o centro da sociedade civil, e isto é evidenciado pelo movimento vivido hoje nas nossas ilhas. Muitos jovens (como eu sei da minha própria prática) estão procurando uma oportunidade para estudar a si mesmos, suas próprias características, para aceitar sua individualidade. Para isto eles vão a internet, participam em conversas de grupos, leem livros, esta é também uma tendência global. Como deixar de ter medo de ser um adulto e independente? Não sou a pessoa certa para determinar quais métodos usar para sair deste labirinto, porém acho que cada um de nós deve olhar para sua vida e ver o futuro (eu faço isso todos os dias), para entender quais ações irão nos beneficiar no futuro, e para determinar a ordem de quem somos realmente. Encontrar uma oportunidade de definir (estudando, pesquisando, tentando, recorrendo aos mentores e especialistas), como as habilidades pessoais e limitações de um jovem se encaixam no mundo que nos rodeia - só assim podemos perceber o nosso verdadeiro potencial.

Trabalhos Acadêmicos

First Business Center and Shopping Of Sao Tome

Projecto arquitetônico « FIRST BUSINESS CENTER AND SHOPPING OF SAO TOME» E como disse o Pessoa ( Deus quer, o homem sonha, a obra nasce.) decidi sonhar no papel projetando aquele que poderá ser o maior centro comercial da África central ! O projeto tem a imagem e texturas que nos lembram " Kuali Cacau " ( cestos de Cacau) - comércio de cacau - que desde a época colonial até os nossos dias tem sido o nosso pão de cada dia. Conservando uma arquitetura única, inovadora, funcional, bonita, e sobretudo muito racional foi projetado um edificio modesto e inovador, possui : -parte subterrânea( com iluminação natural até 90%) ( area total de 4050 m2 ) : Parque de estacionamento subterrâneo para 90-150 carros e espaços para armazenamento de mercadorias. -rés do chão ( área total de 4600 m2) : Market , restaurante, lojas de móveis, academia e espaços de beleza. -1 andar ( área total de 3900 m2) : Lojas de talheres e cozinha, brinquedos, equipamentos desportivos e lazeres. -2 andar ( área total de 3900 m2) : Escritórios e serviços, lojas de eletrodomésticos e vestuários. -3 andar ( área total de 3900 m2) : Escritórios e serviços, sala de reuniões e conferências. -4 andar, terraço ( área total de 3900 m2) : Lanchonetes e bares, áreas de estar e lazer. No território pertencente ao edifício encontra-se : parques verdes com jardins e zonas de estar e lazeres, fontanários, parque de estacionamento para mais de 100 carros, áreas de reciclagem de resíduos domésticos, espaço técnico ( depósito de reservas de água no subsolo, giradores elétricos, gás, materiais de prevenção e combate contra incêndio, etc ) Para um melhor conforto e livre circulação de pessoas e bens no edifício existem 2 elevadores e sistemas de escadas rolantes que teriam a sua autonomia de funcionamento graças à energia limpa vinda dos paneis solares que por sua vez dariam ao todo edifício uma autonomia eléctrica até 90% . Mas por ser um investimento que exige um custo acrescentado, o edifício poderá contar com outros meios tradicionais. No edifício existem 2 entradas principais com escadas e duas secundárias, uma com escada e a outa com rapantes que dão o livre acesso à pessoas com limitações físicas e bens desde rés do chão até o 4 andar ( terraço) Área total territorial do edifício são 7200 m2 e a área total dos espaço interior do edifício são 24150 m2. O edifício possui corredores largos, em partes paredes com vitrages de vidros sombreados contra raios solares, sistema de ventilação natural ( ventilação cruzada e vertical ) que permite que o edifício utilize muito pouco ou não use o ar condicionado que reduz em grande parte o consumo elétrico, os andares possuem em módulo 5 metros de altura e a parte subterrânea 3 metros de altura, com sistemas de combate contra incêndios e WC . O edifício foi projetado num espaço livre situado na zona de São Grabriel , não tão distante da estrada de Pantufo . Edifício esse que poderá servir toda a capital nacional e arredores resolvendo os problemas de concentração de pessoas e bens, trazendo um número de mais de 5000 novos empregos. Nota: Este é um projeto universitário e não esta totalmente concluído por falta de alguns estudos no terreno e por não haver a garantia da sua realização. Caso tenham questões particulares ou críticas construtivas que poderão dar contribuições a minha área profissional fico muito grato, se pudessem fazer-lhe pelo endereço eletrônico : deuscomigo@live.com.pt Autor: Morjadino Vera Cruz, estudante de arquitectura na univercidade russa.

ВОДА ИЗ ВОЗДУХА. НАУЧНЫЙ ПРОЕКТ ИЛИ ФАНТАСТИКА?

ВОДА ИЗ ВОЗДУХА. НАУЧНЫЙ ПРОЕКТ ИЛИ ФАНТАСТИКА?   Да Фонсека Вера Круж М. (Демократическая Республика Сан-Томе и Принсипи), РУДН, инженерный факультет, кафедра архитектуры и градостроительства   А.А. Каздым, РУДН, Москва     По данным статистики каждый день в мире от инфекций, связанных с плохой и грязной водой, умирает более 2 миллионов человек, а от нехватки воды в некоторых регионах страдают более 400 миллионов человек. Для небольшой республики Сан-Томе и Принсипи, островном государстве, находящемся в Гвинейском заливе, проблемы питьевой воды также актуальны. Несмотря на наличие рек и муссонный климат, питьевой воды все равно не хватает. Одним из методов добычи питьевой моды может являться - добыча воды из воздуха! О получение воды путем конденсации воздуха на холодной поверхности знали еше в древности. В Средние Века, например, город Феодосия в Крыму снабжался водой, которую собирали с помощью специальных сооружении, заполненными щебнем, на поверхности которого в засушливые летние месяцы конденсировалось такое количество воды, которое обеспечивало около 80 тысяч жителей. Одна из проблем конденсации – в первую очередь, это, стоимость установок, однако в настоящее время есть методы, способные резко удешевить этот процесс. Принцип работы «генераторов атмосферной воды», приборов по получению воды из воздуха, аналогичен работе кондиционера. Последовательность получения воды из воздуха такова: Влажный воздух проходит через генератор Влага конденсируется на охлаждающих поверхностях, и стекает в специальную ёмкость. Очищается от пыли и бактерий через специальных фильтров и становится питьевой. Система состоит из различных фильтров тонкой очистки среди которых обычно бывают: угольный (удаляет неприятные запахи), электростатический (задерживает мелкую пыль), антибактериальные и т.п. Рис. 1. Схема работы кондиционера в режиме охлаждения Важно то, что чем более влажный воздух, тем меньше нужно энергии на его охлаждение для конденсации влаги, что весьма удобно для стран с жарким и влажным муссонным, океаническим климатом, для которых способ добычи воды из воздуха является экономически выгодным . Соответственно, чем более нагрет воздух, тем больше нужно энергии, чтобы его охладить, и чем больше воздуха охлаждается в единицу времени, тем больше будет получено воды. Атмосферный генератор способен производить чистую воду наивысшего качества, которое соответствует и даже превосходят нормы СанПин 2.1.4.1074-01 (питьевого стандарта России), очищает воду от пыли и запахов, обеззараживает и реструктурирует ее, удаляет избыточную влагу из воздуха, охлаждает воду до +5 С градусов, а так же и нагревает воду до +95 С градусов, работает и как электронный измеритель (показывает влажность воздуха в помещении). единственные проблемы связаны с высокой стоимостью прибора (от 900 евро) и употреблением электричества.   Прибор с принципом работы генератора атмосферного воздуха вполне можно собрать самому и установить на крыше дома или на участке. Их два вида . Первый тип - пирамидальный генератор, предназначается для концентрации и выделения пресной воды из окружающего воздуха. Устройство представляет собой пирамидальный каркас, содержащий влагопоглощающий наполнитель . Каркас сооружается из четырех стоек, приваренных к основанию. Конструкция устроена так, что с заходом солнца прозрачный купол должен подниматься, чтобы был обеспечен доступ воздуха к наполнителю. Таким образом, наполнитель (бумага) будет поглощать влагу всю ночь, а утром, когда купол будет опущен и герметизирован амортизатором, благодаря солнцу влага выпаривается из наполнителя. Образующийся пар будет собираться в верхней части пирамиды, а затем по стенкам купола на поддон начнет стекать конденсат. Через отверстие в поддоне вода поступит в подставленную внизу емкость. С заходом солнца процедура повторяется. Рис. 2. Генератор воды пирамидальный Второй прибор называется «Warka Water» или «The Warkawater Tower». Это весьма эффективный альтернативный источник воды для сельского населения (что весьма важно для Республики Сан-Томе и Принсипи). Разработка проекта была сделана группой ученых во главе с итальянским архитектором Артуро Виттори. Рис. 3. The Warkawater Tower   Название прибора происходит от Ficus Vasta, гигантского дикого фикуса, из Эфиопии. Плод этого дерева обеспечивает питание для людей и животных, а его тень традиционно используется для общественных собраний и школьных классов. Каждая башня высотой около 10 метров, весом всего 40 килограмм, диаметр 8 метров состоит из экологических биоразлагаемых материалов таких, как бамбук, веревок из натурального волокна или биопластика. Процесс сбора воды выполняется путем аккумуляции жидких капель с атмосферы а так же из дождей с помощью специальных сетей, а накапливаемая вода стекает в коллекторы, попадает в фильтры, где и проходит систему очистки. отфильтрованная жидкость хранится в баке, который находится в центре башни. Суточный сбор воды данного приспособления может варьироваться от 50 до 100 литров в день.   Во многих странах мира экологические проблемы много: демографический рост, ускоренный процесс урбанизации, вырубка леса, загрязнение морской среды, потеря биоразнообразия, повышение энергетических потребностей, загрязнение поверхностных и подземных вод, итд. В Республике Сан-Томе и Принсипи, островном государстве, находящемся в Гвинейском тоже толкает с этими проблемами. В стране много рек из которых местные жители могли получить достаточно много питьевых вод но они в овном находятся между южном и западном районе, а между северном и восточном районе поверхностных и подземных вод почти нет. Кроме того это между северном и восточном районе где находиться 70% населения. Практически все поверхностные и часть подземных водных объектов значительно загрязнены, так как в этих районах размещает промышленные и сельскохозяйственные комплексы. Схема хозяйственно-питьевого водопровода при заборе воды из поверхностного водоисточника старая и не сможет обеспечивать всех , ее нужно снова спроектировать ( рассчитано на несколько миллионов долларов) , это весьма проблема из за неорганизованной урбанизации, расстояния от наследных пунктов и сложных строении рельефа. В некоторых районах страны ближайший источник питьевой воды находится час пути пешком. Но даже в том случае, когда питьевую воду всё же удаётся найти, её далеко не всегда можно пить: ручьи и озёра изобилуют патогенами, отходами животноводства и другими вредоносными веществами.   Не в одной только Сан-Томе и Принципы страдает от нехватки воды, в других стран Африки ситуация гораздо хуже, почти миллиард человек. соответствующие некоммерческие организации они передали миллионы долларов на научные исследования и поиск технических решений проблемы, среди которых, , методы переработки отходов человеческой жизнедеятельности и использования воды, прошедшей через унитаз, в качестве питьевой. Ворчуны не верят, что настолько сложные технологии когда-нибудь доберутся до африканской глубинки, где нет ни одного человека, способного починить такой туалет в случае чего. Расходы на обслуживание будут такими высокими, что никто не согласится на реализацию столь непрактичных затей. "Если неудачные проекты последних 60 лет нас чему-то могли научить, то только тому, что сложные импортные решения ничего не дают", — писал в "Нью-Йорк таймс" один из таких критиков Джейсон Кэш, учредитель проекта Toilets for People. В качестве альтернативы предлагаются устройства, не требующие высоких технологий, — фильтр Life Straw, например. Однако они никак не помогают в поиске источника воды. Основной проблемой остаётся доступ к питьевой воде, который был бы и практичным, и удобным.   Именно её, по утверждению разработчиков, решает недорогое сооружение под названием Warka Water, которое, говорят, соберёт даже необразованный абориген. Одна башня вместе с установкой стоит примерно $500. Сравните это с туалетом Гейтса за $2 200 плюс обслуживание. Когда начнётся массовое производство, уверяет г-н Виттори, цена упадёт. Две первые башни планируют возвести в Эфиопии к следующему году. Идёт поиск инвесторов.   Если тенденция к нехватке воды в ближайшие полвека не изменится к лучшему, то в 2050 году орошать поля для полноценного урожая придется количеством воды равным 24 годовым стокам реки Нил. Для Республики Сан-Томе и Принсипи вышеописанный способ добывания воды путем конденсации весьма актуален.   Литература: http://www.udec.ru/tool/generator-vody.php , http://poselenie.ucoz.ru/publ/generator_vody_iz_vozdukha/3-1-0-139 http://www.warkawater.org http://rus.delfi.lv/news/daily/nauka/warka-water-bashnya-dlya-polucheniya-vody-iz-nichego.d?id=44427558 https://sites.google.com/site/saotomeeprincipestp/sao-tome-e-principe/Geografica http://stparquitecturarte.blogspot.ru/2009/11/quarta-fase-de-desenvolvimento-urbano.html

Resgatando os valores porque a humanidade falhou

                                                      O que fizemos com a liberdade que nos foi dada ?       Esculpido nas muitas praças estão imagens que testificam o quanto custou a presente liberdade que hoje despresamos . Na national Mall washington disctrict of colombia o memorial a Martin Luther King nos lembra que o preto e o branco hoje sentados numa mesa custou o seu sangue, memorial GHANDHI en kanyakumari testifica o preço dos direitos civis que hoje desfrutamos. A estatua de Nelson Mandela na capital sul africana Pretória e muitas outras erguidas a homens como Steve Biko ,Dalai lama.. e a lista continua, homens que a presente sociedade nao soube dignificar, homens que sonharam, preconizaram uma sociedade onde a liberdade e a igualdade podesse reinar, abalando todas as barreiras erguidas contra os seus ideias e hoje nos ecos dos suprecitados monumentos escutamos: Sociedade destruída, perda de valores éticos morais e humanos. Como pode o homem perder valores humanos ?? Se são valores estes que nos tornam o que somos e que nos capacitam a sermos "seres superiores" na nossa esfera natural !!! E as poucas vozes sábias que ainda subsistem exclamam "A HUMANIDADE FALHOU". Falhou com o seu passado, destruiu o seu presente e compremeteu o seu futuro... Os evolucionistas talvéz diriam "o homem está em evolução", os físicos nos apelariam as suas complexas leis gravitacionais, os químicos nos lembrariam que toda ação resulta numa reação e que nem sempre elas são positivas e os criacionistas nos lembrariam as profecias "que por multiplicar as iniquidades o amor de muitos esfriaram". Seja você defensor de uma ou de outra teoria, terás de aceitar que "A HUMANIDADE FALHOU " E a minha teoria é esta "por se multiplicar a iniquidade o amor de muitos esfriaram". Porque escolhi esta? Simplesmente porque a ideia de que o homem está em evolução é inconcebível . Ontém o pai dava a vida por seus filhos e hoje são eles que a tiram, eu me recuso em aceitar que esta é uma evolução, ontém o homem e a mulher formavam a imagem da familia e hoje homens e homens, mulheres e mulhres se afeiçoam, eu me recuso em chamar isso de evolução. Ontém os dirigentes eram imagens de justiça, hoje da corrupção, eu me recuso em aceitar que isto seja uma evolução, se existe um nome pra isso é "DEGRADAÇÃO" - degradação de todos estes valores. Escolhi esta por ela responder ao físico e ao químico que o homem é que faz a ciência e não a ciência que faz o homem e uma vez corrompido o homem, a ciência que corrompe ele em vão seria nos lembrar das atrocidades cometidas em prol da ciência. Porque ela explica a presente sociedade onde o amor não tem mais nem o tamanho de um átomo, onde os valores se deciparam como moléculas no espaço. Porque por mais que não queíra teria que concordar que "ainda que falasse a língua dos homens e dos anjos se não tiver amor nada serei " E sobretudo porque ela nos da a solução "lembra-te de onde caiste e volta". Voltemos e procuremos desesperadamente as motivações que impulsionaram homens como Martin Luther King , GHANDHI, Nelson Mandela ,Steve Biko ,Dalai Lama... a mudança. Voltemos e aprendamos com os primitivos que os valores não estão no que possuímos, voltemos e aprendamos o valor da honestidade, a glória na lealdade, a alegria em ajudar e sobretudo o desejo de mudar, voltemos e recuperemos a nossa identidade. Voltemos e resgatemos os bons valores porque "A HUMANIDADE FALHOU" Por: Edvaldo Neves Varela Estudante Sãotomense no Reino de Marocos 05/04/2018 Fès Maroc _____________________________________________________________________   

Camilo Domingos, o símbolo da cultura santomense.

Camilo Domingos nasceu Conceição, Ilha do Príncipe, 14 de Fevereiro de 1965 – São Tomé e Príncipe. Cantor Santomense de origem Cabo-verdiana foi e continua a ser um dos mais conceituados de São Tomé e Príncipe. Da discografia de Camilo Domingos que contem 11 discos, destacam-se Badjuda, És Meu Amor, Maninha My Love, Nada a Ver, Sunduro, Nha Vida é Tchora, e aquele que acabou por ser o ultimo álbum da sua relativamente curta carreira, Dor de Mundo. Participou ainda em vários espectáculos em Angola, São Tomé e Príncipe, Estados Unidos e em Portugal. -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- No início da década de 1990, em Lisboa, Camilo Domingos foi lançado no mercado da música por Camucuço, que foi o seu tutor, além de arranjador, produtor e director musical do seu primeiro álbum intitulado “Morena”, editado pela IEFE Discos em 1991. Faleceu a 7 de Agosto de 2005 devido a uma doença incurável. A sua esposa era de origem guineense, com quem teve três filhos. Perante a biografia do musico Camilo Domingos, chegamos a conclusão que, as suas obras foram de grande importância para o país, seu valor como um dos símbolos do estado trouxe componentes que fortalecem a formação da imagem do país. Camilo Domingos se torna um dos símbolo do país pela sua posição no mundo da música, e hoje o governo tem sua própria biografia (o seu nome) e a sua reputação como ferramenta indispensável para cultura de São Tomé e Príncipe. O musico Camilo Domingos não era apenas o homem que levou o nome do seu país além fronteira, mas também era um homem que sempre preservava a imagem de seu povo. São Tomé e Príncipe também é conhecido no mundo graças a algumas músicas de Camilo Domingos, mas isso é apenas parte de tudo o que ele fez para promover a imagem do país. Ritmos como “RUMBA” e “PUITA” foram mais apreciados pelo cantor, porque, graças a esses ritmos, “Camilo” tornou-se muito popular e ganhou um lugar como uma das figuras de referência em São Tomé e Príncipe. Portanto, o governo e a sociedade em geral São Tomé e Príncipe o admiram e o consideram como um dos símbolos do país. É difícil falar sobre uma uma cultura tão diversificada como a de São Tomé e Príncipe, falando sobre fazedores de musicas, o Camillo Domingos representava seu país com grandes ambições. Existem vários cantores e grupos / grupos regionais com músicas cheias de referências, mas as obras de “Camilo” ganharam um lugar único na cultura de São Tomé. A música nacional estava em ascensão, mas com a morte de “Camilo” houve uma queda do consumo das musicas do país. Ele é um dos cantores mais famosos de São Tomé e Príncipe, mesmo depois da sua morte. Trabalhando sobre este assunto, constatei que das 370 pessoas entrevistadas por mim, apenas (52%) considera a música nacional um símbolo do país e 48% acreditam que a música é facilmente esquecida e que isso não é permanente e que os músicos do país não são tão populares para serem considerados símbolos do país. Mas a história da música nacional é muito interessante! OBS: Este artigo é parte de um projecto desenvolvido por mim "José Vaz Quaresma", com objectivo de promover e divulgar as identidades cooporativas de São Tomé e Príncipe, e o meu primeiro elemento foi o musico e compositor Camilo Domingos.  Fonte: Revista Zunta Cloçon ttps://zuntaclocon.com/2018/03/29/camilo-domingos-como-simbolo-da-cultura-santomense/ Escrito por: José Vaz Quaresma em Abril de 2018

A ARTE DE DEFENDER

  Durante os anos de estudos, é indiscutível a inclinação de qualquer estudante em um ramo determinado, que por conseguinte constituirá o seu percurso académico e consequentemente o seu profissionalismo no futuro. E por isso, é aconselhável aos estudantes pré-universitários analisarem bem as suas escolhas para que no futuro não venham a ter complicações na vida e na carreira. Assim sendo, não constitui a exceção da regra, até porque desde muito cedo fui apreciando e ganhando gosto pelo Direito. Por outro lado, a sociedade por si só acabou dando empurrões para que esse sonho tem se tornando realidade. Enquanto conjunto de normas obrigatórias que controlam as relações dos indivíduos em uma sociedade (Direito objetivo), a disciplina foi ganhando fãs e adeptos por toda a parte do mundo, inspirando sempre a ordem, a justiça e fazendo moldar o comportamento do homem no seu meio social. No geral quem opta por estudar Direito pode se tornar advogado ou seguir carreira pública como promotor, juiz ou delegado “Lista limitativa”. Hoje abordaremos um sujeito que ao longo dos tempos tem sido motivos de discussões, debates e em muitos dos casos protagonizam cenas que não condiz com o seu real motivo de existência. Não precisamos andar muito e nem tão pouco fazer uma pesquisa demorada para chegar a conclusão das imagens que muitos de nós têm sobre os Advogados. A advocacia é uma das mais antigas profissões da história da humanidade. Sendo considerada muitas vezes polêmica pela própria liberdade em antinomia com o livre arbítrio. Quem é um Advogado? O que faz um Advogado? O Advogado é o profissional que defende os interesses de seus clientes com base nas leis vigentes no País. Ele pode representar tanto pessoas físicas como pessoas jurídicas (empresas, organizações). O trabalho do advogado começa com uma conversa com seu cliente. O cliente irá expor sua situação, explicando porquê está buscando ajuda de um advogado. Ele pode estar se sentindo prejudicado de alguma forma e deseja acusar alguém ou pode estar sendo intimado ou acusado de alguma infração e precisa compor sua defesa. Após a visita de seu cliente, o advogado começará a tomar as atitudes cabíveis em cada caso. Tudo isso para dizer que antes de tudo, um Advogado é um conselheiro, alguém disposto a te ouvir e te ajudar mesmo quando em muito dos casos todos te abandonam. Por estudar Direito, somos confrontados diariamente com questões maliciosas e desprovidas de qualquer respeito a profissão dos Advogados. Permitam-me citar uma delas: Caso um dia venhas a ser Advogado e que por conseguinte venha a tua procura um assassino, estuprador, corrupto etc. Defendê-lo-ias? Para essas questões a primeira resposta que me vem à cabeça é justamente o princípio Constitucional da “presunção de inocência”. A constituição da República democrática de São Tomé e Príncipe (C.R.D.S.T.P), no seu artigo 39º alínea 2º enuncia-se: “Todo o arguido se presume inocente até ao trânsito em julgado da sentença de condenação, devendo ser julgado no mais curto prazo compatível com as garantias de defesa”. Podemos com isso observar que por si só, todos somos pressupostos inocentes até que fique provado o contrário. Assim sendo poderíamos considerar injusto a não defesa de um indivíduo acusado de um determinado ato sem que o mesmo tenha oportunidade de se explicar, justificar e se defender. Em uma outra perspectiva, não devemos em momento nenhum desdenhar um acusado pela narração de outrem, é necessário ir em busca da verdade, levando sempre em consideração a intenção por detrás de qualquer ato, ainda que o dito ato seja considerado como ilícito. Assim sendo, nenhum cidadão ainda que pego em flagrante delito, pode prescindir do auxílio de um advogado nos assuntos a que é pertinente, pois somente este está efetivamente habilitado para esse fim. A ideia da elaboração do artigo, não se limita na justificação e na defesa do arguido, aliás só os evoquei no sentido de levar o leitor a ter uma ideia concreta e consequentemente um espírito crítico de análise. O Principal objetivo, é sem sombra de dúvida levar a sociedade em geral a fazerem uma reflexão profunda, e por conseguinte desassociar a arte de Advogar com sentimentos egocêntricos. Um Advogado, não é um profissional desesperado a procura de oportunidades a fim de tirar proveitos, não se trata de um ser oportunista sem coração, que defende por dinheiro, que apoia o banditismo, a corrupção, o furto, os assassinatos etc. Um Advogado é sim um profissional, competente, capaz, conhecedor de leis, insatisfeito com as injustiças, com as desigualdades sociais, aquele que leva ao acusado a esperança de dias melhores, a luz da liberdade a certeza da justiça feita. A sua motivação profunda, sendo a salvaguarda dos direitos que estão ameaçados baseando em instrumentos jurídicos (Constituição, Convenção Internacional, Lei e Regulamento). Sendo o advogado essencial à função jurisdicional do Estado Santomense, embora a este não vinculado, a ele está reservada a tarefa de servir de vanguarda na busca do direito fundamental de acesso à justiça, o que torna o seu papel extremamente relevante no sistema de distribuição da justiça. Magistrados e juristas em geral têm o papel de garantir a aplicabilidade e o cumprimento das normas jurídicas, permitindo deste modo que o nosso sistema jurídico esteja em harmonia com as normas internacionais. O acesso igualitário à justiça e à assistência jurídica adequada são direitos inalienáveis do cidadão. Portanto, no tocante ao direito de acesso à justiça, a postura, o preparo profissional e ético do advogado constituem fatores de extrema importância. "De médico, padre e advogado, todos temos um bocado". Edmilson Pereira Estudante Santomense Residente no Reino de Marrocos                                                                                                    Rabat, 12 de Dezembro de 2017  

A Oficialização da União Lusófona na Rússia

          No mundo contemporâneo a união e a coesão social constituem um dos factores de grande relevância para o desenvolvimento e crescimento de qualquer sociedade. Muitas vezes, essa união e coesão entre Países ou comunidades na diáspora vem de certa forma fortalecer e dinamizar muitos dos interesses que esses Países e essas comunidades possuem em comum, uma vez que as mesmas partilham a mesma ideia e consequentemente estão unidos num só objectivo. Em virtude desses dois factores que consideramos crucial no processo de desenvolvimento de qualquer sociedade actual, foi feita uma actividade no dia nove de Dezembro do ano em curso na Universidade Russa de Amizade dos Povos que culminou com a oficialização de uma das primeiras organizações sem fins lucrativos que une toda a comunidade e falante da língua portuguesa na Rússia denominada União Lusófona na Rússia “ULR”.             Nesta actividade que marcou a oficialização desta organização no qual faz parte São Tome e Príncipe, foram apresentados todos os objectivos pelo o qual a mesma foi criada e os seus representantes legais, bem como a importância que a organização terá em toda a Federação da Rússia no que concerne a valorização e expansão da língua portuguesa nas Instituições Russas “Universidades”.  Não obstante a isso, tivemos a oportunidade de sermos brindados com a apresentações de algumas músicas tradicionais dos Países pertencentes a organização , assim como a apresentação dos trajes culturais e respectivos discursos dos representantes da mesma organização.            A mesma organização esta constituída por todas as comunidades falantes do Português na Rússia e possui vários cargos, em que São Tome e Príncipe ocupa um dos cargos fundamentais que é a vice-presidência representado pelo estudante São-Tomense “Laime de Assunção José”  que encontra-se no 3º ano do curso de comunicação, publicidade e relações publicas.  No fim da actividade houve sessões de fotos e as  respectivas entrevistas rápidas onde os participantes tiveram a oportunidade de demonstrar seus pareceres fazendo perguntas e dando sugestões sobre a “ULR” e consequentemente as expectativas e os caminhos nos quais a mesma deverá seguir para chegar a terra prometida.

Climate change Summit

Na distinção entre clima e tempo, conheça o efeito estufa, incluindo o comportamento humano que contribui para o aquecimento do nosso planeta. Cientistas de todo o mundo analisaram dados de satélites. Eles estudaram os padrões climáticos e as mudanças medidas nos rendimentos das culturas e na composição do solo. E o que descobriram é que nosso planeta está, em média, ficando mais quente. As temperaturas têm aumentado desde o início do século XX. E mais notavelmente, desde o final da década de 1970. Este aquecimento reflete mudanças de longo prazo no clima da Terra. No passado dia 11 de Novembro de 2017 em Narfu(Northern artic Ferderal University) foi organizado uma cimeira onde os alunos de varios Paises como São Tome e Principe, China, Nigeria, India, Indonesia, Egipto, Uzbequistão, Noroega e outros tiveram a oportunidade de brilharem com as suas ideias de modo a criar mudanças positivas para reduzir o efeito de mudanças climatica. O desafio foi realizado em Inglês, onde todos tiveram a oportunidade de falar e contribuir. O nosso foco era de alcançar reduções de emissões que estabilizarão a temperatura global a mais de 2℃ do nível pré-industrial ate 2100.

STP participa no festival africano de moda

      A sala de espetáculos do edifício principal da Universidade Russa da Amizade dos Povos “URAP”, transformou-se em um verdadeiro palco de celebração do dia da moda africana no passado dia 03 de novembro 2017.    O desfile trouxe uma parte importante das culturas do continente para o público: a moda, modelos de todas as idades e origens visitaram a passarela com e sobre a história de tecidos e acessorios que combriam corpos e figuras representativas de cada país envolvido, e o simbolismo de seus padrões e cores. São Tome e Principe como um país africano e um dos protagonistas deste precioso evento, marcou a sua presença, representado pela estudante recém-chegada, Biana Morais que desfilou com o nosso tradicional vestuário feminino “Saia e Quimóni”. A modelo diz que a moda africana conta a nossa história. A mesma explica que se sente uma mediadora entre a África “São Tomé e Príncipe” e o resto do mundo, porque a moda africana é colorida, estampada e autêntica, é um diferencial e tanto com os estilos de outros continentes.

São Tomé e Príncipe pela Rússia.

Northern Arctic Federal University é um dos maiores centros de pesquisa e treinamento da Rússia do Noroeste. Sendo uma das dez universidades Federais da Rússia, a NArFU tem a missão de apoiar a implementação da Estratégia Ártica da Federação Russa. A Universidade está localizada em Arkhangelsk, o centro administrativo da região de Arkhangelsk, nas margens do rio Dvina Norte. A população atual da cidade é mais de 350 000 pessoas. Os setores de silvicultura, engenharia, madeira, química, petróleo e energia são as principais indústrias da região. NArFU promove a inovação e treina especialistas de nível internacional em áreas como engenharia, tecnologia, matemática, humanidades e ciências da vida. Os graduados da NArFU são empregados nas maiores empresas russas e internacionais, especializadas em projetos offshore de petróleo e gás, construção naval, construção, energia, processamento de madeira, proteção ambiental e TI. Junto com as ciências naturais e técnicas, a Universidade possui tradições acadêmicas de longa data em capacitação de especialistas em linguística, comunicação intercultural, jornalismo, direito, relações internacionais, psicologia e pedagogia.  NArFU é membro da Magna Charta Universitatum, da Associação da Universidade Eurasian, da Associação das Universidades Principais da Rússia, da Universidade do Ártico e de outras redes universitárias. Os 3 sucursais da NArFU e 7 escolas superiores possuem actualmente mais de 20 000 alunos, incluindo estudantes internacionais de 55 países da CEI, Europa, Ásia, África, América do Norte e América do Sul. NArFU é uma universidade internacional com relações de parceria com mais de 160 universidades e empresas de todo o mundo. Anualmente, os estudantes da NArFU recebem subsídios de empresas internacionais, participam de projetos internacionais e competições de ideias inovadoras, participando de bolsas de estudo dentro de parcerias universitárias. Estudantes internacionais são bem-vindos para selecionar qualquer programa educacional de uma ampla gama de ofertas da NArFU: - mais de 230 programas de bacharelado, mestrado e doutorado em ciências técnicas e de vida, TI e economia, humanidades e estudos sociais; - Programas de mestrado em língua inglesa, bem como vários programas semestrais; - Estágios de curta duração para estudantes de mestrado e doutorado; - Cursos de língua russa e escolas internacionais internacionais de língua e cultura russas. Estudantes internacionais também são bem-vindos para participar de um programa de fundação de um ano onde estudarão russo como língua estrangeira e receberão treinamento em assuntos básicos antes de começar com o programa de graduação de sua escolha. A conexão aérea à cidade em uma base diária é organizada através dos aeroportos de Moscovo (Sheremetyevo, Domodedovo, Vnukovo) e São Petersburgo (Pulkovo). O tempo de viagem é de 1 hora e 30 minutos. Há também uma conexão regular de trem de Moscou e São Petersburgo. Todos os estudantes internacionais vivem nos dormitórios da universidade.   A taxa mensal é de cerca de 1000 rublos. O custo médio do suprimento de alimentos para uma pessoa é de 5 273 rublos por mês (a partir de junho de 2017). Todos os dormitórios oferecem serviço de lavanderia e acesso à Internet. Os alunos têm excelentes oportunidades para se envolver em atividades esportivas e desenvolver suas habilidades criativas no campus universitário e participar de diferentes corpos estudantis. Web: www.narfu.ru Tarciso da Costa Tingui, estudante santomense na Rússia (arkhankelsk city) 1 ano de Curso de Petróleo e Gas Natural em Northern artic Federal University nascido aos 02/09/1996

AESTP-Moscovo recebe nove novos estudantes de STP

A AESTP-Moscovo recebeu no dia 26 de outubro de 2017 no aeroporto Domadedova de Moscovo, nove novos estudantes provinientes de São Tomé e Príncipe. Cerca de oito anos que os estudantes de São Tomé e Príncipe tem estado a tentar implantar uma base organizacional sólida na Federação Russa, com intuito de unir os estudantes em torno de um só ideal. Assim o primeiro grupo de estudantes que estudaram em Moscovo, tomado pelo desejo de união e preocupação de resolver os assuntos inerentes a vida em universidade, criou a associação dos estudantes de São Tomé e Príncipe em Moscovo. Preocupados com as dificuldades que os recém-chegados encontram depois de chegarem, a AESTP-Moscovo preparou uma equipa protocolar de seis elementos que receberam os mesmos. A equipa teve como objetivo central de recebe-los e prepara-los psicologicamente para enfrentar os problemas que haverão de encontrar, e efectivamente encaminha-los para suas respectivas universidades de modo a procederem com os assuntos relacionados com o visto, residência, seguro médico e outros assuntos. Ainda no território da URAP “Universidade Russa de Amizades dos Povos” os jovens estudantes tiveram a oportunidade de conhecer alguns estudantes santomenses de Moscovo em um almoço de cortesia que culminou com uma breve reunião e apresentação do corpo directivo da AESTP-Moscovo para os mesmos. A reunião foi produtiva, visto que os estudantes mostraram-se satisfeitos com a recepção que tiveram, agradeceram pelo empenho e espírito de ajuda que viram em nós e esperam que continuemos sempre unidos para ajudar os futuros estudantes que virão estudar na Rússia. Moscovo, 27 Outubro 2017

Ser Publicitário e Relações Públicas

Vem de todo lado, uma pergunta que eu normalmente respondo com toda humildade do mundo. Porque escolhi essa profissão? Ser marketólogo, publicitário e relações públicas, é ter o previlégio de promover a imagem e levantar a reputação de terceiros, de criar tácticas e estratégias para uma comunicação saudável entre empresas e pessoas ligadas por interesses comuns, de influenciar a opinião pública, de ter a capacidade para trabalhar em colectivo. Parece ser ambicioso pois não? Sim, isso me faz perceber que sou o "super profissional", quando as pessoas "empresas" me buscam para se posicionaram na sociedade "mercado", para se tornarem os possuidores de reconhecimentos e consequentemente lideres do mercado. Entretanto não posso me esquecer do factor "desvantagem". Ser marketólogo, publicitário e relações públicas, é ter a capacidade de bater de frente como um dos concorrentes mais temidos de um determinado mercado, é ter a capacidade de boicotar e enfraquecer a imagem e a reputação dos concorrentes. Quando resolvi estudar e fazer parte desta classe profissional,  ja tinha noção do que é ser um concorrente atravez de marcas e serviços e começei a gostar deste jogo de manipulação e criações de estrategias para ganhar espaço no mercado, isso me chamou muita atenção.   As vezes no meu silencio infinito, perante os desesperos e preocupações me interrogo  sempre porque esta profissão? De repente vem-me a preocupante inquietação e o prazer pela desistencia, porém me conformo e me mascaro com a máscara que serve como escudo perante a função que exercerei. Eu garanto que todo mundo quer ter o prazer de organizar eventos, fazer gestão de mídias sociais, comunicação interna, fazer planejamento (estratégico e participativo), pesquisar e avaliar imagens institucionais,  prestar assessoria de imprensa, promover gestão de pessoas (relacionamento com público interno, cultura e clima organizacional), lidar com cerimónia e protocolo, fazer gestão de crises, gestão da marca, programas com a comunidade. Então tu que estás indeciso e ainda não sabes que área queres seguir "Publicidade e Relações Públicas" é a mais aconselhavel, porque é a profissão do futuro.

O Novo Presidente da AESTP o Corpo Directivo

COMUNICADO DO PRESIDENTE (AESTP-MOSCOVO), DESPACHO № 1 DE 10/2017 A ASSOCIAÇÃO DOS ESTUDANTES DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE EM MOSCOVO, (AESTP-MOSCOVO), EM CUMPRIMENTO DAS NORMAS ESTATUTÁRIAS EM VIGOR, NA PESSOA DO NOVO PRESIDENTE ELEITO SENHOR RICARDINO JUNIOR DE CEITA, TEM A INCUMBÊNCIA DE INFORMAR O SEGUINTE: 1) ESTÁ COMPOSTO O NOVO CORPO DIRETIVO DA ASSOCIAÇÃO; 2) OS ÓRGÃOS DA AESTP MOSCOVO QUE COMPÕEM O NOVO CORPO DIRETIVO,  INTEGRAM O PRESIDENTE E OS SECRETÁRIOS; 3) A PARTIR DA PRESENTE DATA O CORPO DIRETIVO É COMPOSTO PELOS SEGUINTES CARGOS E PESSOAS RESPECTIVAMENTE; • PRESIDENTE- RICARDINO JUNIOR DE CEITA; • SECRETÁRIO GERAL PARA INFORMAÇÃO, COMUNICAÇÃO E LOGÍSTICA - LAIMÉ DE ASSUNÇÃO; • SECRETÁRIO PARA ASSUNTOS INFORMÁTICOS E BASE DE DADOS ESTUDANTIS - EDIMILBE RAMOS • SECRETÁRIO PARA FINANÇAS E TESOURARIA - EDJÚ MARTINHO; • SECRETÁRIO PARA RELAÇÕES PÚBLICAS, PUBLICIDADE E ASSUNTOS PROTOCOLARES - JOSÉ QUARESMA; • SECRETÁRIO PARA CULTURA E IMAGEM EXTERNA - MORJADINO VERA CRUZ. 4) DADA A  AUSENCIA DE UM SECRETÁRIO PARA DISPORTO, OS PODERES DE REPRESENTAÇÃO NESTA ÁREA SÃO CONFERIDOS AO SENHOR EDMILBE RAMOS 5) O CAMARADA PAULO JORGE É NOMEADO PARA VERIFICAR A LEGALIDADE DE ASSUNTOS CONTABILÍSTICOS E RELATÓRIOS DE CONTAS DA ASSOCIAÇÃO. OS ORGÃOS ENTRAM IMEDIATAMENTE EM FUNÇÃO APÓS A PUBLICAÇÃO DESTE DESPACHO NO GRUPO INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO.        O PRESIDENTE, RICARDINO DE CEITA.

A Pérola escondida! Complexo turístico em Micolo

A pérola escondida! Complexo turístico em Micolo.

O Estudante, o Conhecimento e a Sociedade

Todo estudante em alguma ocasião de sua vida talvez já perguntou a si mesmo: porque devo estudar? qual a lógica de obter conhecimento se uma pessoa com entendimento a mais ou a menos não faz diferença? como aplicar o conhecimento que acho que possuo, se na sociedade e na prática tudo parece ser diferente? Entre milhões de posts que circulam pela internet e trilhões de informações que podemos ter acesso todos os dias a partir de um simples dispositivo que tens na mão ou na tua mesa de estudos, está este simples post que talvez por curiosidade ou por mero acaso começaste a ler e o teu cérebro começou um fantástico trabalho para descodificar um mero conjunto de símbolos e impulsos visuais e converte-los em conceitos lógicos que automaticamente são transformados em linguagem do pensamento que dão origem ao entendimento e te faz perceber cada palavra que lês... isso ocorre de uma forma tão perfeita, fantástica e rápida que nem percebes o conjunto de processos complicadíssimos que estão por detrás desta tua capacidade. Com a ajuda de tuas capacidades mentais, este post ajudar-te-á a perceber a relação entre o estudante, o conhecimento e a sociedade e estabelecerá uma ponte na tua viagem pela busca de respostas a perguntas que já alguma vez fizestes ou que venhas a fazer no decorrer de sua vida estudantil ou após ela. O ser humano é a única espécie capaz de pensar, raciocinar e produzir pensamentos próprios que seguem um determinado padrão de lógica que ajudam a entender a si próprio, os da sua espécie e todas outras criaturas e coisas que existem. No entanto, nem sempre o raciocínio produz pensamentos corretos, ou lógicos, interferindo por isso no fator entendimento que tem sido uma das grandes limitações da espécie humana. Nesta cadeia de raciocínio está o estudante que é nada mais nada menos do que um individuo que busca instruções intelectuais, alguém que busca o conhecimento. O conhecimento é um tipo de descodificador, isto é, a chave para decifrar algum código. A sociedade é um poço de código, um lugar onde códigos são descobertos, criados, inventados, falsificados ou simplesmente esquecidos…. Assim como o cérebro que descodifica as palavras para uma linguagem de pensamento que entendes, assim também é o conhecimento que descodifica um problema social e decifra a sua solução. Mas, atenção, o cérebro não pode decifrar uma palavra que tu não conheces, por mais que ele tente buscar conceitos parecidos para te fazer perceber a ideia mental da palavra, chega um momento que ele simplesmente te diz: "Desculpa, mas eu não encontrei nada parecido com isso no teu descodificador, o teu descodificador precisa ser ampliado». Da mesma forma, um individuo não pode resolver um problema para qual ele não tem conhecimento suficiente, ou seja ele não poderá descodificar um código para o qual ele não tem descodificador, por mais que ele tente, chegará uma hora em que sua capacidade estará muito aquém de suas responsabilidades e o processo de descodificação falhará subitamente... Neste contexto o estudante enquanto uma pessoa que busca e armazena o descodificador, ele deve continuar buscando cegamente pelo conhecimento e deve procurar armazenar o máximo que puder. Quando deparamos com uma situação difícil de resolver, ou que achamos que não temos capacidade para resolver, não é por falta de capacidade, na verdade isso é sinal que encontramos um código que ainda não achamos o descodificador, ou que o descodificador que possuímos está altamente desatualizado... quando a sociedade tem um problema ela procura por alguém que um dia buscou o descodificador para soluciona-lo, se a pessoa tiver armazenado o decodificador correto então ele decifrará o código automaticamente, mas se não, ele procurará dar voltas daqui, voltas de lá e chegará uma hora em que ele se aperceberá que afinal de contas ele não armazenou o suficiente.... O estudante busca conhecimento para satisfazer as necessidades da sociedade, quanto mais ele buscar, mais ele se sentirá satisfeito, ele se sentirá útil e confiante, e quando ele começar a descodificar os códigos postos pela sociedade ele não falhará, sua decifração será exata e seus pensamentos serão corretos e ele estará contribuindo para o avanço da sociedade onde vive. Por outro lado, existem também descodificadores falsos que conduzem ao erro e falha, assim também o estudante deve peneirar toda informação que armazena... existem descodificadores que deixam de funcionar com tempo, do mesmo modo o estudante deve estar sempre em sintonia com o que foi armazenado, deve atualizá-lo e torna-lo útil de algum modo...   A sociedade tem todo tipo de código, mas quem armazenou o suficiente saberá usar o descodificador correto na hora certa. Então pergunte-se a si mesmo: porque devo estudar? Assim como um computador que precisa de instruções para realizar uma determinada tarefa requerida pelo usuário, assim também todos nós precisamos continuar buscando o conhecimento para realizar tarefas requeridas pela sociedade. Qual a lógica de obter conhecimento se uma pessoa com entendimento a mais ou a menos não faz diferença? Nem todos possuem o mesmo descodificador capaz de decifrar um determinado código da sociedade, alguns possuem, mas talvez esteja desatualizado, outros podem ter perdido, outros possuem códigos falsos, etc. Portanto cada estudante é uma contribuição única e diferente. Como aplicar o conhecimento que acho que possuo, se na sociedade e na prática tudo parece ser diferente? Descodificadores precisam ser testados, todo o conhecimento verdadeiro sempre é aplicado e produz bons frutos, na sociedade nada é diferente, as pessoas agem de acordo com descodificadores que possuem ou que não possuem. Por fim deve-se sempre lembrar que o estudante deve procurar o conhecimento porque um dia a sociedade procurará aquele que um dia foi ou é estudante. Daqui em diante sempre que tiveres alguma inquietação, dificuldade ou pergunta encarre-a como um código que precisa ser descodificado e pergunte a si mesmo: será que meu descodificador está atualizado? será que é verdadeiro? será que é realmente o descodificador para este código, ou existe outro que eu preciso buscar? … Já agora, quantos descodificadores já conseguiste armazenar? E quantos códigos já decifrastes? Continue armazenando, porque os códigos da sociedade lá fora não estão nada fáceis de decifrar.

A universidade e a sociedade

Actualmente, em São Tomé e Príncipe verifica-se um aumento exorbitante de pessoas que pararam de se limitar. A vontade de ser independente começou a falar mais alto quando apareceu o desejo de mudança e crescimento individual. Isso deveu-se ao aumento de números de universidades e centros de ensinos profissionais no país. A universidade é considerada como um sistema social cujas mudanças acompanham as transformações em diferentes áreas da ação humana. Podemos estabelecer uma relação entre universidade e sociedade, porém esse processo não pode ser visto como uma relação só de aparências, porque a universidade como integrante do sistema educativo de um país, fornece a base prioritária para fortalecer os recursos humanos de uma determinada sociedade Actualmente fala-se da globalização do conhecimento, processo que envolve as universidades e está estreitamente associado à própria natureza do saber contemporâneo. Essa globalização, que muitas vezes mascara a forma natural de pensar, e desenvolver ideias com originalidade, criando também nova forma de desigualdade. Acrescento, dizendo que o crescimento deve referir-se ao desenvolvimento humano e sustentável, o que significa um desenvolvimento baseado em nossas próprias forças produtivas, nas nossas capacidades e na competitividade a serviço da dignidade do ser humano; desenvolvimento que respeite o direito das futuras gerações de satisfazer suas necessidades. Segundo o artigo produzido pelo Comitê Científico Regional para a América Latina e o Caribe, do Fórum da UNESCO, Paris, em dezembro de 2003, "desde suas origens, é sabido que a educação universitária tem perseguido a meta de criar, transmitir e disseminar conhecimento. O conhecimento ocupa hoje lugar central nos processos que configuram a sociedade contemporânea, as instituições que trabalham com e sobre o conhecimento participam também dessa centralidade. Essa consideração levou a nova análise das relações entre a sociedade e as instituições de educação superior, e a fortalecer a relevância do papel estratégico da educação superior".  Hoje em dia fala-se muito na educaçãao a principal lavanca para a construção do futuro. Sim e é satisfatório ver São Tomé e Príncipe seguindo esse caminho, porque estamos a ser pressionados pelo ritmo das mudanças, a sociedade cada vez mais tende a fundamentar-se no conhecimento, de modo que a educação superior e a pesquisa atuam hoje como parte fundamental do desenvolvimento cultural, socioeconômico e ecologicamente sustentável dos indivíduos.

AESTP - Moscovo participa na exposição da "URAP"

Centena de estudantes de vários paises do mundo, se destacaram hoje 04 de Maio de 2017 numa exposição de arte e cultura desenvolvida pela Universidade Russa de Amizade dos Povos "URAP". Uma exposição que lança reflexão sobre o estado das artes e culturas de todos paises envolvidos, e como sempre STP nao ficou de fora desse grande evento. Edmilbe Ramos, Presidente da Associação dos estudantes sãotomenses em Moscovo, uma figura muito importante no processo de expansão da cultura do nosso povo, no final da actividade disse que "os materias expostos no recinto da parte principal da universidade, fazem parte de colecções da associação e dos elementos-estudantes sãotomenses em Moscovo". Os membros da comunidade mostraram-se engajados e disponibilizaram seu rico e precioso tempo para se fazerem presentes na grande exposição.

STP campeão africano de futebol na "URAP"- Moscovo

A Grande Conquista é o resultado de pequenas vitórias que passam despercebidas. São Tomé e Príncipe faz história na Universidade Russa  de Amizade entre os Povos "URAP".  Os Santolas vencem pela primeira vez  o campeonato de futebol, onde participaram muitas equipas de paises da África. Segundo o secretário do desporto, Fabio Gué, ganhar um campeonato dessa dimensão, segnifica dar primeiros passos para atingir objectivos mais ambiciosos que a comunidade pretende atingir. A unida comunidade de estudantes de São Tomé e Principe mais uma vez leva o nome do seu pequeno e rico país além fronteira. A equipa de camisola vermelha carrega consigo as seguintes palavras de ordem, "O futuro se faz agora, E cada erro é uma vitória, Pois a derrota não existe. Não há conquista sem labuta A vida é uma infinita luta Onde só perde quem desiste."

AESTP-Moscovo aprova o estatuto

Dezenas de milhares de estudantes africanos passaram por estabelecimentos de ensino profissional, civil e militar, por institutos e universidades russas na antiga União Soviética. Há que dizer que, em África, os ex-estudantes da Rússia são uma parte significativa da elite, quer política, quer económica, quer militar. Praticamente em cada governo africano existem pessoas que falam russo. Aonde quer que fores, encontras sempre ex-estudantes que estudaram na Rússia. Eles são um importante apoio aos empresários e políticos russos. Definitivamente quando se fala da Africa e os seus feitos pelo mundo, o pequeno estado do golfo da guiné "São Tomé e Príncipe" não fica indiferente. Embora em pequena quantidade, os jovens sãotomenses também tiveram o grande previlégio de estudar na antiga URSS e contribuiram de uma certa forma para o desenvolvimento das ilhas do centro do mundo. A queda do governo de Stálin trouxe à tona uma série de transformações que abriu portas, uma vez mais a entrada de estudantes de São Tomé e Príncipe no território russo, resultado de cooperação entre esses dois estados. Assim começa a história da segunda geração dos estudantes sãotomenses na Rússia, o processo começa em 2008/ 2009, e o número dos estudantes tendem aumentar a cada ano que passa e surge assim a necessidade da comunidade se unir. Essa união deu origem a uma associação "AESTP - Moscovo" Associação dos Estudantes de São Tomé e Príncipe em Moscovo, que funciona como elo de ligação entre os alunos , o Ministério da Educação de São Tomé e Príncipe, pais e encarregados de educação e o corpo docente da Universidade. A AESTP - Moscovo é uma associação sem fins lucrativos que, tal como as muitas outras, é totalmente constituída e gerida por estudantes universitários unidos por uma causa comum. Para que a associação execute com eficiencia as suas acões, foi criado o estatuto com o principal proposito de regular questões essenciais, questões referentes a comportamentos, atitudes das pessoas dentro da comunidade. Com a aprovação do referido estatuto, realizada no passado dia 26 de fevereiro de 2017, a comunidade se sentiu motivada a invergar esforços necessários para o bom funcionamento da organização e fazer valer os parametros nele citado. Os estudantes de São Tomé e Príncipe encontram-se efetivamente bem representados e organizados para futuros desafios que haverão de infrentar e de igual modo pode-se assim dizer a AESTP-Moscovo tem agora todas as ferramentas para levar o nome das ilhas do equador além fronteira.

A Santomensidade na Russia "Moscovo"

“Eventos em detrimento do dia Mundial das Mulheres” A Universidade Russa de Amizade entre os Povos “RUDN” é uma das prestigiosas Universidades da Federação da Rússia ocupando grande posição no ranking das melhores Universidades da Rússia ,bem como a nível internacional segundo os dados actuais. A Federação da Rússia antigamente chamada de União das Repúblicas Socialistas Soviética tem relações com muitos Paises em termo de educação inclusive com a Republica Democrata de São Tome e Príncipe. Desde 1976 que a Federação da Rússia tem relações com São Tome e Príncipe na área de educação,proporcionando desta forma a formação de muitos quadros Santomenses nas diversas Universidades Russas, sobretudo na Universidade Russa de Amizade entre os Povos “RUDN”. Como sabemos atualmente considera-se que a “RUDN” é uma das Universidades Russas que tem a maior quantidade de estrangeiros a estudarem,proporcionando desta forma aquilo que é o o intercâmbio cultural,assim como a coesão entre todos os povos,linguas e racas. Nesta ordem de ideia, durante todo o ano lectivo sao feitos muitos eventos no qual todos os estudantes de diferentes Países participam, mostrando aquilo que são as suas culturas, tradições, gastronomias entre outras coisas,pois, São Tome e Príncipe como um dos Países que possuiem actualmente aproximadamente 20 estudantes não fica de fora em relação às festividades e os eventos que decorrem durante todos os anos na RUDN. Assim, na sequência do dia internacional das mulheres que de certa forma comemora-se em todo mundo e que de certa maneira não poderia passar despercebido na “RUDN”,foram feitas diversas actividades e eventos organizados pela Associação dos Estudantes Africanos em Moscovo“ASSAFSTU-RUDN”no qual participaram vários estudantes dos diferentes Países inclusive de São Tome e Príncipe. No inicio da semana foram feitas duas conferências alusivo a este dia nas quais participaram muitos estudantes de Licenciatura,Mestrado e Doutoramento de varios Paises em que as ilhas maravilhosas fazia-se representar pelo estudante Edmilbe Ramos que e o presidente da Associação dos Estudantes Santomense em Moscovo e o Laime de Assunção José estudante da área de comunicação, publicidade e relações públicas, assim como grandes professores da Universidade e alguns embaixadores Africanos residente na Rússia. A primeira conferência tinha como o tema “Emigração dos Africanos para Europa como um problema político, económico e financeiro” e a segunda “Feminismo”(Posição das mulheres na sociedade contemporânea”,nesta conferência em específico foram só as mulheres como oradoras uma vez que era o dia delas. Nos dias posteriores foram feitas mas duas actividades em detrimento do mesmo dia em que a primeira actividade foi o concurso das gastronomias entre os Países Africanos chamado em Russo de “Фестиваль Блюда”numa das grandes salas de refeições da Universidade na qual os estudantes santomenses apresentaram os seus pratos favoritos a toda Universidade tendo como cozinheiro o estudante Edju Martinho e a Eloisa da Graca. A ultima actividade foi um concerto realizado numa das maiores salas de realizações de eventos no qual todas as mulheres Africanas foram homenageadas recebendo desta forma os seus presentes nas mãos dos rapazes Africanos.Nao obstante a isso, e de ressaltar que a menina de Sao Tome e Principe Dalila Rita recebeu seu presente nas mãos dos rapazes de Moçambique e o Edmilbe Ramos que e o presidente da nossa Associação ofertou a rapariga de Argélia. Por fim, durante o concerto foram apresentadas muitas danças dos diversos grupos, apresentações das poesias a mulheres, atuações dos cantores, desfiles dos trajes Africanos e entregas de varios certificados e por ultimo os juris determinaram o País vencedor do concurso acima referido em que o terceiro lugar foi para Moçambique o segundo para Zâmbia e o primeiro para Argélia. http://www.rudn.ru/

O papel dos jovens no processo de Desenvolvimento

República Democrática de São Tomé e Príncipe- o nome oficial do país situado no Golfo da Guiné, banhado pelo oceano atlântico, atravessado pela linha do Equador na costa ocidental Africana. Um arquipélago formado por duas ilhas ( ilha de São Tomé e a ilha do Príncipe ). Terra de gentes hospitaleiras e amigáveis, nação jovem, de pessoas humildes e simples, onde o tempo é favorável e a natureza riquíssima e solidária. O estado soberano que outrora fora colónia portuguesa e que no dia 12 de julho de 1975, celebrou-se pela primeira vez a sagrada festa da independência. Desde então, a nação foi entregue aos  filhos legítimos dela, homens idóneos, letrados e  de lábias convincentes, que receberam nos seus ombros a missão de defender  os interesses dos São-Tomenses e guiarem o país rumo ao desenvolvimento. Pessoas que deixaram a ganância ‘’ fechar’’ seus olhos e deram passos obscuros, movidos por interesses pessoais e sucesso individual. Maus gestores da coisa pública que jogaram o país no ‘’poço’’ da improdutividade e dependência total. Desde então,  a instabilidade e a incompetência  fizeram desta sublime nação uma terra fértil e frutífera em todo tipo de frutos amargos, desde a pobreza que saqueia as  famílias até a corrupção que paralisam  instituições, passando pela vizinhança da desorganização até a ‘’doença da preguiça ‘’ que afecta a sociedade civil.  Face à essas constatações, qual é afinal, afinal a posição dos jovens São-Tomenses? Qual deve ser o papel do jovem São-Tomense e consequentemente de todos no processo de Desenvolvimento de São Tomé e Príncipe?  Sentando-se numa das  pontes de barreira de contenção das águas marinhas na  belíssima baía de Ana-Chaves, respirando o ar puro que sopra do horizonte do mar azul e límpido, cheio de peixes deliciosos que depois de pescados pelos pescadores artesanais da ilha e grelhados a moda nacional com limão e malagueta, servem de refeição quente aos filhos da terra que o acompanham com banana pão assada e  uma bebida tradicional que a língua portuguesa chama de vinho de palma, animado pelos barulhos e assobios de uma boa partida de carta ( Bisca 61) e contemplando as senhoras que passam nos  dois sentidos, apressadas com bacias nas suas cabeças e uma criança nas costas anexadas à um pano amarrado no tronco da sua mãe que está descalça e cansada de tanto andar para procurar fregueses que lhe possam comprar o peixe de forma a conseguir algum dinheiro para pagar a propina do filho que estuda décimo ano e é a esperança da família, percebe-se que a sociedade está aflita lutando pela sua sobrevivência e que os jovens se encontram desorientados, desnorteados e bandalhados... Jovens que são o motor da nação, se negam a dar seguimento à cultura do país, inventam manias e todo tipo de desculpas quando se trata de trabalhar e fazer qualquer coisa, homens volumosos e de sangue quente, puramente Africanos, mas que no fundo são frios como águas do Rio Água  Grande que atravessa a cidade capital em direção à praia e onde pode-se ver crianças que na sua idade escolar  abandonam os livros e preferem pescar os peixinhos do rio para matar a fome inexplicável. Jovens que se dizem estar na ‘’ via’’ com todas as correntes, mas que nada fazem, nada sabem, são cegos, surdos e mudos, filhos de João, Ana e Maria que perderam seus empregos por falta de seriedade, falta de capacidade, ou até mesmo falta de respeito próprio, porque no tempo devido não estudaram, pois lhe diziam que liceu não é para pobres.  O mesmo liceu que está transformando os alunos em pessoas que lêem mas não entendem, sabem mas não explicam, falam, falam e falam, mas nada sabem dizer,  futuros homens que não conhecem suas origens, que têm vergonha de falar sua língua materna e que nem a língua oficial deixada pelos nossos ‘’descobridores portugueses’’ dominam, jovens que lêem duas páginas de livros e não se lembram de uma frase se quer e se lembrarem do título do livro, não conseguem lembrar mais nada nem mesmo o nome do autor, adolescentes que não respeitam regras éticas, tradições e costumes, jovens sem etiquetas e princípios de boa convivência... Esse é o  país...a camada estudantil secundaria,  ou mesmo universitária, média ou superior ou até mesmo detentores de um diploma superior que deviam constituir o exemplo da nação, também são cegos e mudos, mas não são surdos, porque ouvem de tudo quanto é lado, deixaram a evolução tecnológica e informativa enraizar nas suas mentes, mestres em lições de vida e palavras picantes nas redes sociais, altamente actualizados nas burrices de páginas do mundo virtual, completamente embutidos no mundo virtual fictício, vivem o tecnológico e se esquecem dos problemas reais, autores das suas próprias biografias, fotógrafos altamente profissionais contratados por todo tipo de redes sociais, não perdem uma ‘’dica’’ do dia, estão presentes em todos os comentários das publicações vitrinais do mundo tecnológico. Jovens que deviam ser o exemplo distinguível da nação, são no fundo mentes ignorantes, confusionistas e desinformados...  No país pode-se notar confusão contra tudo e todos sem razão alguma, todos querem ter seu bendito  nome futuramente inscritos  nos livros de histórias, sonham com o dia em que seus  nomes serão  mencionados em sala de aulas, mas nada fazem, nada criam e só copiam. Falta criatividade na vida do homem São-Tomense, mais seriedade naquilo que envolve problemas da nação.  Se és estudante, adolescente, jovem ou mesmo adulto, saiba que o desenvolvimento das ilhas depende inteiramente da tua mente e daquilo que podes fazer, podes criar ou desenvolver, só se desenvolve criando, e só se cria quando se deixa de preocupar com coisas alheias e desnecessárias, seja responsável com essa geração, porque a geração anterior falhou, e ninguém poderá culpar ninguém porque todos dizem ter razão. Estude, trabalhe, seja bom naquilo que fazes,  se és estudante dê o teu melhor, desenvolva a tua mente, não deixe uma coisa chamada ‘’tecnologia’’ te escravizar nem a bajulação e hipocrisia mental te afectar, porque a colonização física se foi, mas a pior permanece, e a pior colonização é a colonização mental, aquela que te faz ser ignorante e cego,  te dá sentido de despreocupação e te faz pensar que só pelo facto de leres uns textos e assistires uns vídeos, já és mestre, enquanto que  na verdade as pessoas ao teu redor precisam de ajuda e não podes ajudar porque também estás sendo colonizado... Pensamento é poder, se os teus braços forem fracos a tua mente deve ser forte, e se ambos, quer a tua mente quer o teu braços forem fracos então a tua boca deve permanecer calada porque quem não trabalha e não pensa, não pode ter nada para falar...  E se falar só será reclamações e nada de positivo...  São Tomé e Príncipe precisa mais de ajuda nacional do que internacional.. Lembre-se ‘’ Dinheiro resolve os problemas quando o cérebro não é de lesma’’  .  Estude, estude e estude, análise situações a sua volta, e não seja como um Carneiro que segue outro Carneiro para atravessar a estrada, digo-te, se passar um automóvel em alta velocidade os dois serão atropelados. Não importa onde estudas ou estudastes, o que realmente importa é o que aprendeste! E tuas acções serão os frutos do teu aprendizado e cuidado para não seres fotógrafo de redes sociais, porque se fores, as tuas selfies serão engraçadas e no ponto, mas  os teus sonhos reais não passaram de um conto. Todos devem dar sua contribuição e deixar de acreditar, porque se for para acreditar todos acreditam, o facto é que acreditam tanto que chegam a cruzar os braços e sentam à beira dos bares a traçar planos perfeitos que não se realizam em lugares nenhum .